Jantar de Ano Novo pode ser muito mais leve e divertido

Passada a festa de Natal, agora é a vez de organizar o jantar do Réveillon. E as respostas à pergunta sobre o que comer na virada do ano vêm sempre acompanhadas de muitas superstições, além dos pratos tradicionais da época. Uma superstição que sempre é seguida pela maioria das famílias é não comer nenhuma carne de animal que cisca para trás, como as aves que fazem parte da ceia do Natal. “Então, nada de peru ou chester. Esse é o momento de incluir porco, por exemplo, e até mesmo o nosso peixe recheado”, sugere a consultora gastronômica Denise Rohnelt de Araújo.

Segundo ela, a festa de Réveillon é muito mais voltada para a diversão, o que pode permitir às famílias saírem do tradicional jantar para uma comida mais leve com as mesas de frios ou temáticas. “Comemorar o Ano Novo que está começando prevê uma festa mais dançante, quando o que se quer é deixar tudo para trás de ruim e pedir muitas coisas boas para esse novo período que se inicia”, comentou. A sugestão da consultora é preparar uma mesa farta de frios, com muitas frutas e ponche, que é uma bebida refrescante preparada com espumante ou cidra. “Essa bebida é fácil de fazer: é só cortar as frutas em cubinhos e mergulhá-las no espumante. Pode ser desde o abacaxi, laranja, uva, cereja e pêssego, tudo misturado na bebida”, explica.

Outra sugestão da consultora é investir numa mesa temática como os tira-gostos árabes. Segundo ela, as comidas árabes são feitas com grãos, por isso muito apropriadas para o Réveillon, quando algumas superstições sugerem que os grãos trazem fortuna. “Esse cardápio pode incluir também um pernil para ser degustado com pães, além do quibe de tabuleiro e as pastas de grão de bico e de berinjela”, ressaltou Denise, lembrando que a decoração da mesa é outra preocupação importante. “Pode decorar sua mesa com bastantes frutas e muito sal grosso, que tudo isso atrai muita fortuna e saúde”, complementou.


Ceia tradicional inclui porco, lentilha e muitas frutas

Para quem prefere investir na ceia tradicional de fim de ano, o ideal é não esquecer, por exemplo, a lentilha. “Ela faz parte sempre da noite de Réveillon porque está cercada de superstição para atrair fortuna. Então você pode servir apenas a lentilha ou então um arroz com a lentilha que também fica uma delícia”, explicou a consultora gastronômica Denise Rohnelt. Outros pratos típicos para o dia de Ano Novo são o pernil, lombinho ou costelinha de porco. “Qualquer parte do animal está valendo para a ceia de Réveillon”, aconselhou. Segundo Denise, o ano de 2013 será regido por São Lázaro, por isso a ceia de Ano Novo pede uma comida à base milho. Por isso, a sugestão da consultora é servir uma farofa de cuscuz.

Além disso, para acompanhar esse cardápio, a recomendação da consultora é servir uma salada de folhas verdes com frutas. “A pessoa pode usar a alface com rúcula ou qualquer outra folha verde de sua preferência e misturar com uva, maçã e manga. Para temperar, usa-se apenas vinagre balsâmico e azeite de oliva. Fica uma salada bacana e saudável”, explica. Como sobremesa, a indicação da consultora é servir uma salada de frutas. “Além disso, nunca esquecer de ter à mesa as frutas secas tradicionais dessa época como damasco e tâmara, além de uvas e romãs para seguir a superstição de guardar as sementes na carteira para atrair mesa farta o ano inteiro”, frisou.

Fonte: FolhaWeb

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Antônio Carlos Magalhães, 585, Salas 1004 a 1008, Pituba CEP 41850-000 - Salvador-BA

Fale Conosco

Fale Conosco

71 3270.4600

Av. Anita Garibaldi, 1555, Salas 601 e 608, Rio Vermelho  CEP 41940-450 - Salvador-BA

Av. Anita Garibaldi, 1555, Salas 601 e 608, Rio Vermelho CEP 41940-450 - Salvador-BA